Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ser mãe é uma das melhores fases da vida de uma mulher. Ter a possibilidade de ter um ser a despertar dentro de si e, passados alguns meses, poder pegar nele ao colo, e dedicar-lhe o seu tempo e a sua vida, é o desejo de muitas mães.

Apesar de, na primeira gravidez, os medos e as incertezas serem uma constante, nesta fase as mulheres estão mais sensíveis. Muitas acabam por acreditar em certas conversas desagradáveis por parte do marido, más experiências de vizinhas ou amigas, aumentando o seu nível de ansiedade, e isso reflete-se no bebé.

 

 

Frases a evitar:

 

Quanto é que tu já engordas-te? – Um dos medos de algumas grávidas é o aumento de peso e a recuperação da sua forma física durante o período pós parto. Esta frase dá a entender que a pessoa já ganhou muito peso fazendo-a sentir desanimada com a aparência. E tudo o que uma grávida precisa é se sentir mais linda do que nunca;

 

Nem parece que estás grávida. Onde está a barriga? – Na fase inicial é o desejo de qualquer uma que a barriga comece a crescer e se comece a notar o que está a acontecer com o seu corpo

 

Mas ainda não nasceu? – Se parece demorar muito tempo para as pessoas de fora, para a mulher os meses finais da gravidez ainda custam mais. O que ela mais quer é que o tempo passe rápido e o recém-nascido nasça saudável. É natural nesta fase elas demonstrarem algum estado de ansiedade;

 

Posso sentir o bebé a mexer? – Nem todas se sentem à vontade para deixar qualquer pessoa tocar-lhe na barriga e os embriões não estão sempre a mexer. O ideal é deixar a grávida à vontade e, se já existe bastante proximidade poderá então perguntar;

 

Tens a certeza que queres dar esse nome à criança? – A escolha do nome é uma decisão que cabe aos pais, tanto o homem como a mulher devem de chegar a consenso juntos e não optarem por um nome ou por outro para agradarem a ninguém ou por influência dos avós;

 

Tu não tens medo do parto? – Perto do final da gravidez as mulheres começam a pensar mais neste momento e começa a surgir algum receio. É certo que ninguém gosta de sentir dor e, há uns partos que são mais dolorosos que outros. Nem todos são maus;

 

Já estás com quanto tempo? 6meses? – Nunca se deve de perguntar o tempo de gravidez desta forma. Se a mulher estiver nos primeiros meses vai sentir-se mal porque pensa que está gorda de mais. Se já se encontrar no final da gravidez poderá pensar que o seu bebé está muito pequeno ou com pouco tamanho e poderá começar a preocupar-se evitada mente;

 

Tens a certeza que podes comer isso?A alimentação das grávidas varia de mulher para mulher e, é natural que um certo alimento que faz mal a uma não faça mal a outra. Cada uma sabe quais os alimentos que pode ou não ingerir e só devem de ser chamadas à atenção se estiverem a comer alguma coisa que prejudique o bebé;

 

Aproveita para dormir agora porque depois não podes – esta atitude deixa a mulher preocupada e ansiosa. É de conhecimento geral que os recém-nascidos precisam de cuidados durante 24 horas por dia, mas nem todos estão sempre a chorar e à uns mais tranquilos que outros. O futuro ninguém sabe;

 

Tens a certeza que preferes cesariana? – Esta é uma pergunta que surge muitas vezes já no final da gravidez. A forma como o bebé vai nascer nem sempre depende da própria mãe e esta questão poderá deixa-la mais nervosa e angustiada. Em situações normais a mulher opta pelo que se sente mais confiante e se adapta melhor à sua idade e estrutura física;

 

Todas as conversas e comentários devem ser de apoio e de alegria. Afinal todas as mulheres têm o direito e a necessidade de viverem esta fase de maneira tranquila. Preparar a vinda de um filho ao mundo poderá ser dos momentos mais emocionantes para um casal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:21



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D